Make your own free website on Tripod.com

Cartas do Pr. Osvair Munhoz

 

 

Ao adventistas-bereanos.com.br

 

Carta aos irmãos adventistas leigos

Graça e paz da parte de Deus e de Seu Filho Jesus Cristo,

“Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o dia de Cristo Jesus” Fil. 1:6

 Todos nós temos tido o privilégio de restaurar a fé dos adventistas pioneiros que ensinaram a fé apostólica da crença num Deus Único e Verdadeiro e em Seu Filho Jesus Cristo!

Pelo poder do Espírito de Deus o movimento leigo adventista tem alcançado corações sinceros, pessoas que desejam a verdade no íntimo!

Louvado sejas o Eterno Deus pelas nossas conquistas, creio que até aqui nos ajudou o Senhor, mais não fizemos 1% do que deveríamos, desejo convocar os fiéis para uma consagração maior, para uma oferta de sacrifício, e se possível até dispormos de bens materiais para divulgarmos a nossa fé!

Divindade:- Quando tratamos do assunto de Trindade para os adventistas da Organização, eles entendem que Pai, Filho e Espírito Santo existem e fica até neste ponto. Eles não conseguem ver as implicações da crença de uma Divindade Trinitariana.

Devemos expor de um modo claro que os adventistas leigos crêem no Único Deus, em Seu Filho Jesus Cristo e no Espírito Santo como Representatnte de Deus; ou seja o Espírito Santo é o poder de Deus em nós, não uma outra pessoa separada do Pai e do Filho.

Mostrar os documentos elaborados pelo Ennis Méier de que os pioneiros adventistas não aceitavam a Trindade, mostrar como que a Trindade se infiltrou no cristianismo e se oficializou no adventismo em 1980 - Dallas–Texas-USA 

Natureza Humana de Cristo: - Devemos ensinar que Jesus o Filho do Deus vivo, era Filho de Deus antes da encarnação, citando Jo. 3:16 e outros textos, Ele tomou a nossa carne com todas as fraquezas de uma humanidade degenerada, Ele venceu na pecaminosa carne, e o poder que estava disponível em Cristo, está disponível para nós também, aqui está o ponto que devemos enaltecer, pondo em proeminência o Messias como Nossa Justiça.

Pelo Espírito que dá vida, Ele nos liberta da lei do pecado, através de Cristo em nós, podemos nos salvar das fraquezas da carne e vivermos pelo Espírito Santo de Deus. “Andai no Espírito e jamais satisfareis os desejos da carne” Gl. 5:16 – “ E, os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões” Gl. 5:23.

Expiação no Santuário: - Jesus Cristo continua a fazer expiação pelos nossos pecados no Santuário Celestial. Devemos dirigir nossas orações até o Santíssimo lugar, onde Ele apresenta o sangue da expiação em nosso favor, ...Ele nos purifica de toda a injustiça.” I Jo 1:9 – “Eles pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro... Ap. 12:11 ... lavaram a suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro.” Ap. 7:14

Jesus continua a expiar os pecados até que o último remido seja purificado totalmente, depois então a porta da graça será fechada.

Nome do Messias: Yehoshua, Yeshua, Iesous, Iesus, ou Jesus, qual destes nomes deveríamos invocar? - creio que aquele que você decidir no íntimo de seu coração, pois todos estes nomes são válidos para o Messias, até agora não está provado nenhuma conspiração contra o nome Jesus.

O suposto argumento de que o Bispo Jerônimo ao realizar a tradução do grego para o latim, teria alterado o nome hebraico Yehoshua para Iesus, carece de registros históricos para tal fato.

A carta de Jerônimo ao Papa Dâmaso, documento este utilizado para a prova de tal mudança, nem sequer insinua tal acontecimento, não se menciona nada com relação ao nome do Messias, mesmo porque a cópia que Jerônimo utilizou já trazia o nome grego Iesous.

Ver Estudo pela apostila do irmão Ricardo Nicotra

Creio que este assunto já trouxe muitas divergências aos irmãos, está na hora de sermos específicos: deseja chamá-lo de Yehoshua, ou Yeshua não existe nenhum problema, como também não existe de chamá-lo de Jesus.

Ah! Foi feita uma conspiração contra o nome do Messias! - Precisamos de provas para chegarmos a tal declaração, as regras de transliteração usadas para com todos os nomes bíblicos não se alterou para com o nome do Messias, e também já está mais que provado que a maior parte do N.T. foi escrito em grego e o nome que foi escrito em grego foi Iesous, o nosso Deus nos deixou estes registros, os manuscritos em grego e não em hebraico como alguns gostariam!

“E. caindo todos nós por terra, ouvi uma voz que me falava em hebraico: Saulo, Saulo, por que me persegues? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões” At. 26:14, “ Eu sou Jesus... At. 26:15 – Eu Sou Yehoshua....

Alguns utilizam deste texto para provar que o N.T. fora escrito em hebraico, mas observe bem a estes fatos. Paulo estava testemunhando em língua grega diante do rei Agripa, o hebraico era uma língua restrita aos rabinos judeus e grandes estudiosos da época, quando porém recebeu a visão, o Messias lhe falou de fato em língua hebraica. Paulo mencionou que ouviu uma voz em língua hebraica, não disse para o Rei Agripa o tal fato em hebraico.

Diante do Rei Agripa, ele mencionou: “...Eu sou Iesous....”, no dia que Paulo caiu do cavalo, ou seja no dia da visão: ele ouviu do Messias “...Eu sou Yehoshua....At. 26:15

Se insistirmos com a idéia de que Jesus é um nome de blasfêmia, vamos cair em descrédito, pois os próprios manuscritos deixados pelo nosso Criador, chama-O de Iesous. Se você tem um manuscrito do N.T. dos 27 livros que contrarie o nome Iesous, por favor me envie, temos o livro de Matheus que foi escrito em aramaico que o chama de Yeshua, e as cartas de Paulo de Iesous.

Devemos centralizar a nossa fé em termos o caráter de Yehoshua, Yeshua, Jesus! - Vivermos uma vida santa, exaltarndo a Cristo como nosso Salvador, termos um coração puro, uma consciência limpa e uma mente renovada por Deus, sermos puros no meio de uma geração incrédula eis o nosso principal foco.

Os Testemunhas de Ierrochua, uma igreja que se separou da Igreja de Deus do Sétimo Dia,   tem se destacado como o grupo mais expressivo contra o nome Jesus, eles encontram atualmente grandes dificuldades neste assunto, pois ao disseminar a acusação de que houve uma conspiração para com o nome do Messias, precisariam documentar tal fato, algo que não conseguiram provar.

Alegam que existem entre os judeus manuscritos hebraicos do N.T., mais não se publica tais documentos. Seria interessante averiguar a veracidade de tais manuscritos e a carta de Jerônimo que nada se menciona sobre o Nome. Sendo assim, continuarei a invocar Jesus como nome válido para o Messias!

O Novo Testamento tem como característica principal uma imensa quantidade de escritos e evidências externas. Alguns manuscritos, entretanto, merecem destaque. São eles:

Os papiros - produzidos quando o movimento iniciado pelos discípulos de Jesus ainda era ilegal. Datam dos séculos II e III d.C. e constituem valioso testemunho da veracidade do Novo Testamento, pois surgiram a apenas uma geração dos autógrafos originais. Seus representantes mais importantes são:

·      p52 ou fragmento de John Rylands (117 - 118 d.C.) - encontrado no Egito, contendo parte do Evangelho de João;

·      p45, p46 e p47 ou Papiros Chester Beaty (250 d.C.) - contendo quase todo o Novo Testamento (o p45 contém os Evangelhos e o livro de Atos dos Apóstolos; o p46, a maior parte das cartas de Paulo; e o p47, parte do Apocalipse);

·      p66, p72 e p75 ou Papiros de Bodmer (175 - 225 d.C.) - igualmente importantes, incluindo-se entre eles Unciais cuidadosamente impressos e com muita clareza (o p66 contém parte do Evangelho de João e data do ano 200; o fragmento p72 contém cópias de Judas e de I e II Pedro; e o p75 contém a mais antiga cópia do Evangelho de Lucas (175 a.C.).

Os Unciais - manuscritos em caracteres maiúsculos, escritos em velino e pergaminho. Constituem os escritos mais importantes do Novo Testamento, dos séculos III a V. Existem cerca de 297 Unciais, entre eles:

·     Códice Vaticano - é o mais antigo dos Unciais (325 - 350 d.C.) e foi desconhecido dos estudiosos bíblicos até 1475, quando foi catalogado na biblioteca do Vaticano; contém a maior parte do Antigo Testamento (versão dos LXX) com os apócrifos e o Novo Testamento em grego;

·     Códice Sinaítico (Álefe) - data do século IV e possui poucas omissões;

·     Códice Efraimita - originou-se em Alexandria, no Egito, em cerca de 345 d.C.;

·     Códice Alexandrino - data do século V;

Tenho certeza que este assunto não está encerrado para alguns, no entanto as provas de que Jesus não é válido, ficou só no argumento até o presente momento!

Dízimos e Ofertas: - Alguns aventistas leigos entendem que não deveríamos devolver mais os dízimos, tudo bem, OK!

O dízimo foi utilizado por Deus para manter o sistema levítico, a igreja apostólica utilizou a lei do amor, vendiam suas propriedades e repartiam o pão. A igreja apostólica servia a Deus com maior desprendimento do que o sistema levítico de Dízimos e Ofertas.

Então se você deseja parar de devolver os dízimos, então sirva a Deus com os seus bens. Faça como os apóstolos.

Creio que os dízimos é para os mais fracos na fé e os que possuem maior fé, entregam tudo para Deus, passaam a servi-lo com os bens, entregando também do seu salário mais do que simplesmente 10%, este é o caminho mais generoso, agora ensinar que não precisa devolver os dízimos e não contribuir na causa da pregação do evangelho é um grande laço! Ou simplesmente entregar a Deus menos do que o dízimo, isto nos mostra o quanto amamos a Cristo e Sua obra.

O coração não regenerado, é egoísta, alguns inventam ensinos para a sua própria perdição!

Também não deveríamos vender nossa única casa e pagarmos aluguel, isto não seria sensato, a não ser que sua casa seja valiosa e você venderia e procuraria uma mais humilde.

O Livros da Sra. White: Podemos encontrar aparentes contradições nos escritos da irmã White, mais creio que os seus ensinos estão em harmonia com as escrituras.

O dom profético foi manifestado e aceito pelos adventistas pioneiros e por nós leigos, algumas mudanças foram feitas pelos infiéis adventistas, mas já está provado através dos orginais que a irmã White não era trinitariana e nem pré-lapsariana.

Nós adventistas leigos cremos que a IASD é verdadeira, porém dentro da IASD formou-se apartir de 1957 e 1980, uma outra igreja, chamada de Sinagoga de Satanás.

Nós leigos somos os verdadeiros adventistas, pois sustentamos a fé dos pioneiros, e se eles estivessem vivos estariam unidos a nós, e não a esta organização que traiu a fé de nossos pais, unindo-se a Babilônia e suas filhas, portanto devemos alicerçar a nossa fé nos princípios bíblicos que criam os pioneiros, nada de fundar novas igrejas com outros princípios e Teorias.  

Com carinho

Pr. Osvair Munhoz  

Contatos: osvairmunhoz@hotmail.com

 

Ao Adventistas.ws

Prezado irmão Ennis Meier,

Graça e Paz da parte de Deus e de Seu Filho Jesus Cristo,

 Em junho de 2001, fiz uma oração ao nosso Deus, abri meu coração ao meu Pai Celestial, expondo diante dEle que alguma coisa estranha havia em nossa igreja, senti que era algo muito grave, queria a resposta mesmo que custasse meu ministério, mesmo que perdesse tudo, ficasse na rua, queria a verdade.

Estava exausto de pregar sobre a santificação, reavivamento, e não produzia o efeito desejado. A igreja estava cada vez mais fria e distante das crenças dos pioneiros, e do preparo para a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo! Nessa época eu era distrital de Barra do Garças-MT, eu estava sem a Internet, fui até Goiânia-GO e comprei uma máquina que era possível acessar a Internet, quando então tive acesso ao seu site, fiquei escandalizado e ao mesmo tempo feliz, pois o Senhor estava respondendo a minha prece!

O Senhor estava me revelando a raiz da nossa apostasia, fiquei motivado novamente, havia descoberto a razão pela qual a iasd estava apostada!

Me coloquei numa situação delicada, olhava os pastores de um modo diferente agora, em outubro de 2001, tivemos um concílio pastoral em Várzea Grande-MT, o Pr. Eber Liessi, colocou de um modo claro que não devíamos aceitar todos os ensinamentos do livro Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pois eram conselhos apenas, e que ensinar estes conselhos poderiam levar a iasd ao fanatismo e ao extremismo, e que os pastores e anciões não deveriam permitir que ensinassem estes conselhos para a iasd.

Conversei com Pr. Oliveira Pires, então presidente da MMT, e disse: Esta posição é particular do Pr. Eber Liessi, não é a posição oficial da iasd, pois qualquer pregador que pregar os conselhos deste livro não significa que ele seja extremista ou fanático, aliás creio nestes conselhos e prego, não deveríamos proibir aqui na MMT de pregar estes conselhos pelo menos nas semanas de saúde da iasd.

O Pr. Oliveira me disse: A iasd já sofreu muito com os extremistas e fanáticos do passado! Eu respondi para ele que devemos seguir a verdade. Por ex: É verdade que os refrigerantes provocam distúrbios digestivos e que água pura e o suco de frutas são mais saudáveis? ele respondeu que sim! Então que mau existe aplicarmos os conselhos deste livro para o bem estar da iasd? Ele concordou! Então Pr. Oliveira vá diante de todos os pastores e anciões e coloca que o Pr. Eber se equivocou e que esta não é a posição da iasd!  Mas ele foi omisso, pois temia enfrentar o Pr. Eber Liessi!

Na verdade percebi que o Pr. Eber Liessi trabalha com a finalidade de secularizar o adventismo, prega a liberdade no vestuário,diz que José do Egito se vestia como um egípcio, mas tinha um coração de cristão e este deve ser nosso modelo e que Elias era um perturbador do povo de Israel, ele se pronunciou desta forma em um sermão apresentado em março de 2002, Barra do Garças-MT,muito mais coisas ouvi e vi!

Passado algumas semanas soube que expulsaram da iasd na região de Cuiabá aproximadamente 150 pessoas. Liguei para o Pr. Oliveira e disse que não deveríamos excluir os irmãos da iasd.

Em dezembro de 2001 falei para o primeiro ancião do distrito que não cria mais na trindade, pedi a ele sigilo, mais ele me traiu, em pouco tempo colocaram-me para fora!

O Pr. Mauro Bueno secretário da MMT, colocou o dedo próximo do meu nariz e me disse: Seu....Moleque....! ficou furioso, pois eu disse para ele que ele não deveria ter excluído os irmãos da iasd. Mas ele bateu a mão no peito e disse: fui eu que exclui estes irmãos e enquanto eu estiver na MMT, eles não voltarão! O Pr. Eber Liessi disse com raiva diante de todo distrito: É lamentável que o Seminário concedeu o título de Bacharel em Teologia para este imbecil!

O Pr. Osmar Reis da DSA, disse no último concílio pastoral que participei em Jan/2002: A iasd é uma mãe, nós pastores ganhamos de 4 a 7 mil reais por mês, vcs pastores não acharão um boca desta em lugar nenhum, esqueçam a história de Jones e Waggoner.

Ele disse isto na presença de todos os pastores da MMT, ele foi encomendado para me convencer que eu não estava em um bom caminho, de fato financeiramente foi péssimo, mas me sinto honrado de subr no púlpito e pregar a verdade, que Cristo deve ser formado em nós, assim como Ele veio na semelhança da carne do pecado e condenou o pecado na carne, este poder está disponível a nós também! Aleluia! Glória a Deus! Quem está em Cristo está morto para o pecado Rm 8:7-12 -  tenho minha consciência tranqüila e a paz do Senhor continua sobre mim! Amém!:

Eu poderia continuar como pastor da iasd, mas perderia minha paz e isto não troco por nada, estaria traindo ao irmãos da iasd, estaria trabalhando somente pelo salário e não pela salvação dos irmãos!

Tinha muita coisa para falar aqui, mais para frente vou escrever um artigo sobre isto!

Quero agradecer a Deus a ao Seu Filho Unigênito Jesus Cristo por ter colocado você Ennis Meier como atalaia sobre os muros de Sião e divulgado documentos importantes para a salvação e esclarecimento para os irmãos adventistas!

Hoje trabalho como pastor de uma congregação adventista independente, temos aqui na região de Americana-SP cerca de 40 irmãos, estamos estudando com dezenas de outras pessoas!

Um forte abraço! Você cumpriu uma missão importante, você preparou o caminho para desvendar as raízes da nossa apostasia. Servo bom e fiel descansa no Seu Senhor. Somente na eternidade vamos ver as dimensões deste trabalho. Estarei orando por vc esta semana!

Maranata!
Com carinho

Pr. Osvair Munhoz

 

RETORNAR