Make your own free website on Tripod.com

Vocês Acreditam em Dois Deuses, é Isto?

 

Pergunta:

“Uma vez que tanto o Pai quanto o Filho são identificados como Deus na Bíblia, qual seria a resposta bíblica de vocês se lhes perguntassem: ‘Quer dizer, então, que adoram a dois deuses?’” 

Resposta:

Essa é uma excelente pergunta, repleta de implicações.

Na Bíblia, a palavra “Deus” tem vários significados diferentes. Em um sentido limitado, por exemplo, homens são identificados como "deuses". Tanto a palavra grega theos quanto o termo hebraico elohim, que são traduzidos mais freqüentemente como "Deus" são usados em referência aos homens. (Veja Êxodo 7:1; Salmo 82:6; João 10:34) Quando a palavra “Deus” é usada nesse sentido, então há centenas de milhares de deuses!

Em um sentido um pouco mais restrito, anjos também são chamados deuses. Davi escreveu acerca do homem: “Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus [elohim]...” (ARA) Ou: “Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos [elohim]...” (ARC) (Salmo 8:5) A palavra “anjos” nesse verso veio da palavra hebraica elohim. A maneira como elohim é usada aqui denota um tipo de ser que é superior ao homem, mas é ainda um uso em sentido limitado e, com essa definição, haveria ainda muitos deuses. 

A Bíblia diz que “ há um só Deus, o Pai” (1 Coríntios 8:6). Então, para nós cristãos, há somente um Deus, o Pai. Se Jesus fosse exatamente como o Pai é em todos os aspectos, então teríamos dois deuses, mas ele não é. Deixe-me explicar. Em referência a Cristo, a palavra "Deus" é usada em um sentido muito mais específico, para denotar sua natureza como ser, no mesmo nível que Seu Pai -- algo que não pode ser dito sobre nenhum outro Ser do Universo. A Bíblia diz que Cristo existia “em forma de Deus.” (Filipenses 2:6) Mas mesmo quando a palavra “Deus” é usada para Cristo, ainda é usada em sentido limitado, porque Cristo tem um Deus que é “a cabeça de Cristo”, “acima de tudo” e “maior que” Ele (1 Coríntios 11:3; Efésios 4:6; e João 14:28).

Quando a palavra “Deus” é usada em seu sentido absoluto e ilimitado, há somente uma pessoa que em que ela se aplica e é Deus, o Pai, unicamente. Jesus disse que Seu Pai “o único Deus verdadeiro.” (João 17:3) Paulo disse “que não há senão um só Deus. Porque, ainda que há também alguns que se chamem deuses, quer no céu ou sobre a terra, como há muitos deuses e muitos senhores, todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos. (1 Coríntios 8:4-6)

Das 1.354 vezes que a palavra “Deus” é usada no Novo Testamento, em mais de 99% das ocasiões, ela se refere exclusivamente a Deus, o Pai, enquanto se aplica ao Filho apenas quatro vezes (João 1:1; João 20:28; Hebreus 1:8; 1 Timóteo 3:16).

Então, para esclarecer, há muitos deuses quando a palavra “Deus” é usada com sentido limitado, para incluir homens e anjos. Quando a palavra “Deus” é usada como um adjetivo para descrever a natureza de Deus, como em João 1:1, então há somente dois seres divinos, Deus, o Pai, e Jesus Cristo, Seu Filho unigênito. O Filho de Deus é completamente divino por natureza porque Seu Pai é divino, do mesmo modo como eu sou completamente humano, porque meus pais são humanos. 

Quando a palavra “Deus” é usada em seu sentido absoluto, para denotar “o Deus Altíssimo”, “o soberano do Universo” ou “o único Deus verdadeiro”, então há somente um único Deus, o Pai, além de quem não há nenhum outro Deus. 

Espero que isto ajude a responder seu questionamento. -- Por Lynnford Beachy (Tradução: Robson Ramos).

Fonte: http://www.presenttruth.info/newsletters/PresentTruth/2003/pt_h_aug03.htm

Leia também:

 

RETORNAR