Make your own free website on Tripod.com

Os Pioneiros e a Trindade

Editorial

By Ennis Meyer

 

Uma Questão de Ordem
Antes de se discutir o mérito bíblico pertinente à doutrina da Trindade introduzida na Igreja Adventista, há que se considerar uma questão de ordem.

Se Ellen White mudou de idéia nos últimos anos da sua vida, como afirma a administração, ela simplesmente cai por terra !  Ellen White teria sido uma profetisa falsa porque em 1905 afirmou o seguinte:

 

Ellen White escreveu:

"...Nenhum alfinete deve ser removido no que o Senhor estabeleceu...
Nós encontrariamos segurança em menos do que o Senhor nos tem dado nesses últimos cinqüenta anos? " Review and Herald, May 5. 1905

Em inglês:
I
n the future, deception of every kind is to arise, and we want solid ground for our feet. We want solid pillars for the building. Not one pin is to be removed from that which the Lord has established. The enemy will bring in false theories such as the doctrine that there is no sanctuary. This is one of the points on which there will be a departing from the faith. Where shall we find safety unless it be in the truths that the Lord has been giving for the last fifty years?  (Manuscript Release No. 760: The Integrity of the Sanctuary Truth, page 12, paragraph 3. -- Copiado do website do White Estate)

Considerando-se a doutrina Adventista exposta nos Year Books da igreja em muitos anos seguidos até 1914, e a influência que Ellen White exercia sobre a organização, e a sua disposição em sempre criticar tudo o que estava errado, a hipótese de Ellen White ter mudado de idéia é inaceitável.

Ao contrário, as evidências de uma fráude por parte da administração, querendo fazer crer que Ellen White mudou de idéia nos últimos anos da sua vida, em favor do trinitarismo, são irrecusáveis.
Isto é: A administração quer forçar a crença que Ellen White mudou de idéia, com um livro baseado em documentos inexistentes e fraudados, (livro Evangelismo, só publicado em 1946)  e ainda meia dúzia de "bilhetinhos" de duvidosa procedência. (nenhum deles tendo sido publicado nos dias de Ellen White)

Uma mudança ocorrida na doutrina fundamental Adventista antes da morte de Ellen White, faria balançar os alicerces, origem e propósito da Igreja Adventista, destruindo completamente o mito Ellen White.


Uma mudança na doutrina fundamental Adventista depois da morte de Ellen White, (como aconteceu em 1931)
concorda com previsões de Ellen White sobre a apostasia Ômega, não desacredita o movimento Adventista, mas destroi irremediavelmente a legitimidade da organização Adventista de hoje.

A organização da Igreja Adventista de hoje está baseada em falsidades e fazendo o povo adorar um deus tão falso como baal !   (a TRINDADE)


NOTA: Quando digo "doutrina fundamental Adventista" não faço referência a pequenas mudanças de entendimento, mas quando se trata de primeiro combater a doutrina da Trindade e chamá-la de "uma doutrina diabólica" e alguns anos mais tarde adotá-la, a questão é bem diferente !

A palavra "religião" em sí, ("religare" no grego) significa restabelecer a união que se perdeu entre Deus e os homens.
A Bíblia apresenta a Deus como um único SER divino, e qualquer criança pode responder essa pergunta com a leitura de Êxodo 20: 1-17. ---  QUANTAS PESSOAS FORAM OS AUTORES DA LEI DE DEUS ?

A primeira coisa que alguém deve saber ao pretender restabelecer as suas relações com Deus, é saber quem é Deus ?  Quantos são ?  Esse é o "ABC" de todas as religiões, tanto no tempo do Israel antigo como em 2004 A.D.

 

 

O Direito da Força, e a Força do Direito.

Cumulus-Nimbus Ameçam o Relacionamento entre as Nações, e o Futuro da Igreja Adventista.


(em termos metereológicos e de aviação, Cumulus-Ninbus são as núvens negras e carregadas que precedem a uma tempestade)


Hoje, a
s nações perseguem um mesmo objetivo de paz social e prosperidade, mas divergem radicalmente de como enfrentar a chaga social do terrorismo.
Algumas nações mais poderosas, acham que a sua força está acima do que se decide no organismo internaional, impropriamente chamado de "Nações Unidas".

A administração da Igreja Adventista acha que pode resolver a questão da Trindade com mero ato de força, cortando os membros da igreja que não aceitam as suas mudanças.

Há um testo na Bíblia
(seria Jó 34:12 em alguma tradução) em que referindo-se a Deus, diz o seguinte:
        
              Embora o Seu grande poder, não perverte o juizo.

O uso da força, ignorando a força do direito, leva sempre à significativas distorções da verdade.

Aqui, devemos lembrar o início do mal em nosso universo ! 
Deus poderia usar o seu grande poder, e eliminar sumariamente a Lúcifer que havia se insurgido contra o governo de Deus. Uma boa parte dos anjos já tinham sido contaminados pelas razões alegadas por esse anjo.

Porém, ao contrário de destruir sumariamente aquele anjo em revolta e os que o acompanhavam, na sua infinita sabedoria Deus previu que destruiria também para sempre, uma das bases do Seu governo.
Isto é:

Os seres criados deveriam respeitar a Deus pelo seu amor e bondade, e jamais pelo temor ao seu grande poder.


A história de um anjo que foi destruido por simplesmente discordar de Deus, jamais se apagaria no tempo !
Essa foi a razão porque Deus deu a oportunidade ao anjo que pregava poder fazer um governo mais justo. Hoje, nós vivemos a escolha feita por nossos pais, num gesto simbólico de desobediência ao que Deus ordenara: Do fruto dessa árvore não comerás.

Deus previu o alto preço que todos teriam que pagar, mas as bases do governo de Deus jamais poderiam ser mudadas com um simples ato de força.



O Futuro não Surpreendeu a Deus, e o Amor de Deus Antecedeu ao Pecador.

Foi exatamente nesse ponto que o Plano da Salvação surgiu, e o Filho de Deus se ofereceu para morrer em lugar do homem, que através de seus pais, escolheria fazer parte do "mundo melhor" imaginado por Lucifer.

Hoje, a Igreja Adventista usa o seu pequeno poder, para fazer exatamente o que Deus não quiz fazer: AMEAÇAR, INTIMIDAR, DESAGREGAR, LIQUIDAR !

Tivesse a IASD o mesmo poder político que tinha a Igreja Católica na Idade Média, teriamos uma reedição da INQUISIÇÃO.

"Inventada" não foi um termo apropriado, pois nessa discussão milenar encontramos toda sorte de matiz na doutrina da Trindade.
Os "DD" da Andrews apenas escolheram uma das versões que já trás no seu bojo uma desculpa, pretendendo não cair no politeismo pagão.
Aceitar que Deus manteve uma geração inteira na ignorância e só depois que todos morram revelou a verdade aos "DD" da Andrews, é dose para elefante !


A Diferença entre a Trindade Católica, que teve Origem no Paganismo, e a Trindade Adventista Inventada pelo "Doutores em Divindade" da Andrews University, é Apenas Cosmética !

Os católicos explicam tudo como "o Mistério da Santíssima Trindade".

Os "DD" da Andrews, que tiveram a infelicidade do seu Patrono ter sido viceralmente anti-trindade, (J.N.Andrews) procuram ser mais pragmáticos,
satisfazendo o espírito do adventismo rançoso, que encontra sempre uma explicação para tudo quanto é sofisma.

Embora Ellen White tenha sido clara, que a expressão de Jesus "Um com o Pai" não se referia a número e sim iguais em proprósito e caráter, a Trindade Adventista faz um curioso jogo de "ping-pong":
- Primeiro tenta provar que são três deuses, para em seguida negar o que não provou, passando afirmar que OS TRÊS SÃO UM SÓ DEUS !   
(primeiro dividem Deus em três, para em seguida confundir como um só, na ilusão de não ter caido no politeismo pagão  --- numa autêntica auto-enganação)

... com o agravante, que as palavras de Jesus não incluiram o Espírito Santo !


A tentativa do adventismo em provar que o Espírito Santo é uma pessoa, é baseada na premissa que o Espírito de Deus teria que ser entendido por analogias humanas e não tenha nenhuma das virtudes do próprio Deus Pai. ---  Isto é: O Espírito de Deus não pode ser inteligente, não pode ter sentimentos e tem que ser estritamente alguma coisa abstrata e irreal.

Os pioneiros já tinham entendido muito acertadamente, que "Espírito de Deus na Bíblia", significa o poder de Deus em Ação; seja na criação do mundo, ou seja na salvação do homem.



O Apocalipse menciona que Deus tem 7 Espíritos, (Apoc.4:5) mas para o adventismo rançoso, apenas um desses Espíritos é uma Pessoa e faz parte da Trindade.

Melquisedeque em Hebreus 7, está descrito com características que nem Jesus posue !   Não obstante, aí vale toda a discreção e cautela.

Quando Ellen White escreveu que "O silêncio é ouro", referindo ao Espírito Santo, para os adventistas de agora, quer dizer que o silêncio é ouro depois de afirmarem categoricamente e se debaterem tentando provar que o Espírito Santo se trata de uma Pessoa.

Eu era um menino, e assistia meu pai (Pastor Adventista) argumentando com protestantes, sobre a lei de Deus, sabado, e etc.  Para mim era até divertido ver como os protestantes fugiam da verdade e se escondiam atrás de sofismas e pretextos.

Infelizmente, a igreja Adventista hoje está mergulhada em trevas !  O obscurantismo tomou conta da igreja e perderam o propósito de aceitar unicamente o que está escrito.


Hoje, os adventistas seguem as idiotices dos  "DD" da Andrews University, e não mais a Bíblia.



Os Pioneiros interpretavam a Bíblia sempre com um texto claro e direto.
 "Espírito de Deus"
(ou Espírito Santo) significava o poder de Deus em ação.  Assim foi na criação deste mundo, e hoje está manifestado na obra e amor de Deus pela salvação do pecador.
 

 


Não pensem que na CG só tem idiotas.  Alguns sabem que estão sustentando mentiras e sabem muito bem o que podem mostrar e o que não podem mostrar. Pude perceber isso quando inadvertidamente uma secretária me deixou ver e fotografar o "Veltman Report" num dia em que o chefe do arquivo não havia ido ao trabalho.
Sentí que desse dia em diante começaram a ter muito mais cuidado com as coisas que mostravam. A secretária passou a consultar sistematicamente o chefe, em cada pedido que Ennis fez dali para frente, e que se encontravam no cofre forte. Depois disso, o Diretor do Arquivo negou até o que já estava publicado na Internet, no website da Conferência Geral.

A principal "mentira denominacional" é que Ellen White teria se convertido à doutrina na Trindade no final da sua vida, negando tudo o ela e o marido haviam dito antes. (James White foi 3 vezes Presidente da Conferência Geral)

Nunca passou pela cabeça dos dirigentes da CG, que a prova definitiva que Ellen White nunca creu nesse dogma católico, não estava em seus livros, mas encontrava-se nos Year Books da época.
Essa é a razão porque não sumiram com esses anuários antigos da igreja.

A principal da evidência da falsidade está mostrada nas próprias provas que apresentam.
Nunca provam por um livro publicado nos dias de Ellen White. Todas as provas que apresentam são citações forjadas no livro Evangelismo (só publicado em 1946) e rascunhos e bilhetinhos encontrados na lata de lixo e de papéis velhos. Matéria que nunca foi enviado para publicação e que nunca foi provada a autenticidade e originalidade.


Ellen White teria previsto com detalhes o futuro da igreja, menos o conflito que ocasionaria nunca ter mandado seus "bilhetinhos e rascunhos" para também serem publicados, e com isso evitar uma crise sem precedentes na Igreja Adventista.

 

Na história recente da IASD, qual seria a crise mais grave ?

1. Um respeitado pastor e professor de colégio Adventista publicar o livro The White Lie ?  (Walter Rea)

2. Um conflito na Etiopia. --- um presidente de associação apoiado pela CG, mandava prender os pastores Adventistas que lhe eram contrário.  (o presidente da associação tinha amigos na polícia)
As 2 correntes de adventistas, liderados por pastores, se confrontaram em praça pública com paus e pedras, numa verdadeira batalha campal, quando centenas de guerrinheiros Adventistas foram presos !   Um escândalo nacional e que tomou conta de todos os jornais de Adis Abeba.

3. A crise no Perú, em que pastores nacionalistas romperam com Washington e assumiram o controle de todas as propriedades da igreja ?
Havia uma lei esquecida, que deveriam recadastrar a cada 10 anos, e a IASD daquele país por negligência não atualizou, e a organização perdeu o controle de todas as propriedades em favor de um grupo de pastores Adventistas nacionalistas.
Foi quando o Pastor Alejandro Bullón se destacou como um dos cabeças que defendiam a administração americana e riscaram da igreja cerca de 4000 membros da igreja, que apoiaram o movimento nacionalista. 
Como gratidão, a administração o trouxe para o Brasil e ofereceu a Alejandro Bullón um cargo na Divisão Sul Americana. --- Toda a propaganda da IASD está focalizada em Alejandro Bullón.

4. A Apostasia Ômega ?  (A CRISE FINAL) predita por Ellen White e claramente descrita em II Tessalonisenses 2 e apenas começando !
Uma crise provocada por uma mudança na doutrina Adventista; depois de 100 anos pregando que tinham a verdade, introduziram um dogma católico na igreja, (a Trindade) desfigurando as origens e os pioneiros da
Igreja Adventista.
Literalmente, assentaram no templo de Deus, o deus do homem do pecado !  (verso 4)

Se as coisas na Conferência Geral seguissem alguma lógica racional, nunca teria acontecido o "escândalo  Folkenberg". 
Um escândalo que chegou a ocupar páginas inteiras dos grandes jornais dos Estados Unidos, e na realidade era uma tempestade criada num copo de água por um ex-presidente
que não havia esquecido quem lhe frustrou um terceiro mandato, na Conferência Geral da Holanda.  (Neal Wilson - pai de Ted NC Wilson)

Afinal, concordaram pagar quase 1 milhão de dólares ao Mister Moore, com o dinheiro das companhias de seguro da IASD, Folkenberg nunca passou a mão em nenhum dinheiro da igreja, não cometeu nenhum ilícito e renunciou por vontade própria. Ninguém foi disciplinado na igreja, ou perdeu o emprego !

Tudo não passou de um "ranger de dentes" entre dois antigos rivais que se consideram os donos da Igreja Adventista !   Terminou num acordo que costuma acontecer antes, e não precisava alcançar os jornais, e os gastos em passagens e hoteis que superaram 1 milhão de dólares.
(além de emporcalharem a IASD)

O escândalo do hospital Adventista Chedy Grove, no suburbio de Washington, durou quase 1 mês no jornal  Washington Post.
(principal jornal da capital dos Estados Unidos)

Eu mesmo ví na TV uma mesa redonda em que se discutia um hospital ao ponto de perder a sua certificação por irregularidades constatadas pela fiscalização do governo, e
pagando bonus de natal de quase 8 milhões de dólares para 2 administradores; salários de mais de 700 mil dólares por ano, para administradores que siquer tinham um curso universitário.
Ex-presidente da associação e união local
(por sinal casado com uma brasileira) ganhando 10 vezes mais do que ganha um administrador na obra, e o dobro do que ganha um funcionário de alto nível da Casa Branca. (150 mil dólares por ano é o maior salário da presidencia dos USA)

Porém, a notícia mais chocante veio da Revista Adventista
(Adventist Review) num artigo assinado por Alfred McClury, então Presidente da Divisão Norte Americana:
De fato e de direito, os hospitais Adventistas dos Estados Unidos não pertencem mais à Igreja Adventista, e a autoridade da igreja sobre eles é formal e muito distante.
Os hospitais Adventistas nos US constituem uma socidade jurídica sem fins lucrativos, independente da obra, e os lucros são distribuidos na forma de bonus entre os seus diretores. Os lucros não podem ser repassados para a Igreja Adventista.

Numa qualificação para um contrato milionário, publicado na Internet, a administração dos hospitais Adventistas declarava lucros na ordem de 2 bilhões de dólares por ano. Isto é:  2 vezes mais que os dízimos recolhidos em todo o mundo !

A associação dos hospitais Adventistas e hospitais Católicos  CENTURA, no estado do Colorado, mostra o que é o "braço direito" da obra Adventista, preconizado por Ellen White.

Recentemente encontrei na Internet referência a uma ação trabalhista em que se discutia o mérito da demissão de um funcionário dessa rede de hospitais, por estar fazendo procelitismo em favor da Igreja Adventista, o que feria os rígidos estatutos desses hospitais associados, pertencentes a IASD e Igreja Católica Apostólica Romana, no estado do Colorado.


Mesmo que você não entenda inglês, veja o nosso link e depois visite o link da CENTURA para conferir o que está
assinalado em amareloClique

http://www.littletonhosp.org/services_info/mission.asp?sub=2&on=true



Líderes em apuros com explicações "furadas" que chegam ao cinismo quando falam em "
Fair Compensation" !  
clique  
(cópia da revista adventista, em inglês)

O
jornal e a TV criticaram como falseados e absurdos, a pesquisa e o quadro comparativo apresentado na revista adventista, para justificar os salários e bonus de seus administradores.  ----  Só mesmo adventistas para acretitar em fantasias !

O maior salário de engenheiro em indústria aero-espacial é ao redor de 80 a 90 mil dólares por ano.
O Bunus de Natal de presidente em indústria de 7 Bilhões de dólares, onde Ennis Meier trabalhava na ocasião, foi 200 mil dólares.
O presidente da BOEING  não recebe metade do bonus de Natal, de um administrador de hospital de suburbio da IASD.

 

 

Ted N.C.Wilson - Vice-presidente da Conferência Geral

Havia um recado na minha secretária eletrônica retornando um chamado que fiz ao Elder Ted N.C.Wilson.
Falei com ele através do telefone um pouco mais de 20 minutos.

As primeiras palavras dele foram: Eu queria que o sr. me desse o nome do seu pastor e a igreja a que pertence, para obter informações ao seu respeito. (ao longo da conversa insistiu no pedido umas 6 vezes)

Minha resposta foi:
- Quem deseja informações pela proibição não é o meu pastor.   Acrescentei, a exemplo do que acontece no Brasil com dezenas de membros da igreja, o sr. quer fazer pressão para que a igreja local me exclua; nada mais que isso !  Não lhe darei a informação que deseja.

Resumindo uma conversa de 20 minutos:
Ele disse que a igreja não mudou, apenas corrigiu uma doutrina ariana e errada dos pioneiros. 
Perguntei porque ele usava o mesmo termo que a Igreja Católica rotulava os padres que queriam conciliar uma polêmica na igreja faz mais de 1000 anos ?
Depois, especificamente tratamos dos Year Books que mostram que a igreja mudou a sua doutrina depois que Ellen White morreu, e havia escrito que "nenhum alfinete seria mudado no que o Espírito de Deus os havia guiado".

Entre outras coisas, afirmou que a doutrina da "Trindade Adventista" não é a mesma da Igreja Católica, etc. etc.
Lhe disse que a diferença não passava de filigranas e pretextos.

Eu lhe disse que o livro Evangelismo é falso e que lhe poderia provar que é baseado em documentos falsos.

Ted Wilson Insistia em querer saber a igreja que eu pertenço e o nome do pastor.  Eu repetindo que não lhe daria a informação, e eu não me dava por satisfeito com uma simples resposta telefônica pela discriminação que estava sofrendo.


Perguntei a Ted Wilson se ele me acusava de alguma falsificação no que estava apresentando na Internet.
Ele disse, NÃO ; você está copiando na biblioteca coisas para fazer "agitação" na Internet.

Lhe disse que, se ele me desse uma garantia por escrito que não faria pressão para me cortarem da igreja, então lhe daria a informação desejada, e ele se recusava marcar uma entrevista para eu poder expor o meu ponto de vista.
Me disse que poderia indicar um pastor para discutir a questão doutrinária, mas eu insistí, que as minhas razões teriam que ser para quem deu a ordem.
Como não chegavamos a nenhum acordo, tomei a iniciativa de agradecer o retorno ao meu telefonema e  delicadamente encerramos a conversa.

Fez muita pressão para que lhe desse a igreja e o nome do pastor a que pertenço !   Disse que uma entrevista não o iria convence-lo em nada mais do que já sabe. Não concordou que foi o pai dele que mudou a doutrina, mas depois mencionou que a Trindade tornou-se oficial em 1980.
 

Mais ou menos no ano de 1993 estive presente a uma comissão no Rio de Janeiro, em que estavam presentes João Wolf, José Viana, Alejandro Bullón, Gustavo Schumann e outros figurões da administração na América do Sul.
As primeiras palavras foram de José Viana, secretário da Divisão:
- Em que igreja está o seu nome, que já estivemos procurando por toda a parte e não encontramos ?

Essa é a única arma da administração, quando não tem argumentos !

Não vou dar a ninguém essa informação.  Não me podem excluir da igreja a não ser pela igreja local a que pertenço.

Tanto quanto eu saiba, ainda não existe no Manual da Igreja Adventista, a figura de simplesmente escomungar alguém da igreja por
"Édito Papal".

Enquanto isso não acontece, falo na qualidade de Adventista batizado há mais de 53 anos e que não aceita as mudanças que a administração impôs à igreja.

Ted Wilson falou que quando batizei já havia a doutrina da Trindade no Brasil.
Eu lhe disse que lembrava muito bem, quando meu pai chegou de um concílio de obreiros e disse à minha mãe:

- Mudaram a doutrina da igreja.  Agora são 3 deuses, e não é mais um só !   (isso aconteceu ao redor de 1957)

 

 

Ellen White não acreditava numa Trindade

 "O homem Jesus Cristo não era o Senhor Deus Todo Poderoso". EGW - Patriarchs and Prophets, page 19

(... era Deus o Pai, com o qual Jesus era um, em natureza, caráter e propósito)


Filipenses 2: 9 e 11 diz:  "Pelo que também
Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome.  Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a lingua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a gloria de Deus Pai."

 

S.D.A. Bible Commentary Vol. 5, page 1129, paragraph 7

There is no one who can explain the mystery of the incarnation of Christ. Yet we know that He came to this earth and lived as a man among men. The man Christ Jesus was not the Lord God Almighty, yet Christ and the Father are one. The Deity did not sink under the agonizing torture of Calvary, yet it is nonetheless ---Lift Him Up, page 235, paragraph 3

Tradução:
Ninguém pode explicar o mistério da encarnação de Cristo.  Não obstante nós sabemos que Ele veio a esta terra e viveu como um homem entre os homens. O homem Jesus Cristo não era o Senhor Deus Todo Poderoso, embora Cristo e o Pai sejam um.(1)  A divindade não sucumbiu diante da agonizante tortura do Calvário, não obstante o contrário.
 

(1)
Before the entrance of sin among the angels: Christ the Word, the only-begotten of God, was one with the eternal Father, --one in nature, in character, and in purpose,--the only being in all the universe that could enter into all the counsels and purposes of God. By Christ, the Father wrought in the creation of all heavenly beings.-- The Great Controversy, p. 493.

Tradução:
Antes da entrada do pecado entre os anjos: Cristo a Palavra, o unugênito de Deus era um com o eterno Pai, - um na natureza, no cráter e em propósito, - o único Ser no universo que podia participar dos conselhos e propósitos de Deus. Por Cristo, o Pai através da criação de todos o seres. O Grande Conflito pg 493.



Nota: Ellen White no primeiro texto nega que Jesus seja o Deus todo poderoso, embora seja um com o Pai, e confirma a divindade de Cristo. (equivale dizer, que o Pai sim, é o Deus todo poderoso)
No segundo texto explica o significado de "um com o Pai": na natureza, caráter e propósito. (mesmas qualidades, e não "um" em quantidade)

"Não sucumbir", significa Jesus ter ressucitado dos mortos.
(não significa que não tenha realmente morrido, como ensinam os "doutores em divindade" da Andrews)

"Jesus o único Ser que podia participar dos conselhos e propósitos de Deus", significa que Deus é a segunda pessoa da frase e exclue uma eventual terceira pessoa. (Espírito Santo)
Em outras palavras: O único Ser (Jesus) não era Deus.

 

RETORNAR